domingo, 11 de maio de 2014

A Caravana de Maio de 2014

MÃES DO SILÊNCIO

Em Belém, a noite clareava-se pela conta infinita de estrelas que pairava no firmamento. Eles procuravam por um quarto simples em uma hospedaria, no qual pudessem passar a noite.
Mas faltavam vagas. Um nobre senhorio, tomado de compaixão pela senhora que se encontrava em estágio final de gestação, ofereceu-lhes sua estrebaria, de modo que, ao menos, não dormissem ao relento.
Agradecido, o casal acomodou-se sobre o feno destinado à alimentação dos animais. Naquela mesma noite, a jovem deu à luz um menino, cujo nome já havia sido escolhido: Yeshua, do original hebraico ou Jesus, na tradução latina.
O casal, José e Maria, O contemplavam. Seus pequenos olhos, Suas mãos frágeis, os movimentos de Seu diminuto corpo.
Após ligeiro descanso, Maria tomou o menino ao colo e, amamentando-O, sentiu seu coração de mãe ficar apertado. Ela sabia da grandiosa missão de seu pequeno, da imensa responsabilidade dEle para com toda a Humanidade.
Trinta anos se passaram.
Então, seguido por doze apóstolos, Jesus iniciou Sua vida pública, trazendo à Humanidade a lei magna do Universo: a lei do amor.
Em oposição ao olho por olho, dente por dente, ofereceu o perdão, o amor ao próximo, a caridade e a humildade.
Por vezes, foi criticado, atacado e, até mesmo, posto à prova, por conta de Suas ideias revolucionárias. Manteve-se sempre na postura de quem serve, de quem se doa.
O ponto culminante foi quando, diante da autoridade romana, foi-lhe destinado o madeiro da cruz. Inocente de toda culpa, foi crucificado por não agradar aos interesses da classe dominante da época.
Por trás de toda Sua missão e Sua via crucis, esteve a figura de Maria. Seu coração de mãe sofreu todos os amargurantes momentos que culminaram na crucificação de seu filho.
Silenciosa e humilde, ela legou à Humanidade um grande exemplo de resignação.
*   *   *
Em toda mãe, há um traço de Maria.
São mães que se desesperam diante de um filho dependente químico. Mães que dormem em frente aos presídios, esperando o horário das visitas. Mães cujos corações se desfazem em saudades do filho que retornou à pátria espiritual.
Mães que se abstêm de horas preciosas de sono a velar o recém-nascido, um filho doente. Ou preocupadas com o filho adolescente que demora no retorno para casa.
Mães que, no silêncio de seus atos, amam sem interesse, que se oferecem em sacríficio, se necessário for, pelo bem-estar dos seus.
Mães que, a exemplo de Maria, sabem servir, se doar, se calar, sabem ouvir.
Mães que sempre possuem a palavra precisa, na hora certa e da maneira correta.
Mães que, mesmo do outro plano da vida, continuam a zelar e a interceder a Deus pelo filho de seu coração.
Mães que fazem do mundo um lugar melhor, embelezando-o com seus gestos de puro amor.
Discretas, singelas. Mães do silêncio.
Redação do Momento Espírita.
Em 11.5.2013.
 
EM LOUVOR A MÃE

“Minha mãe - não te defino.
Por mais rebusque o ABC...
Escrava pelo destino,
Rainha que ninguém vê.”

Mei Mei – Livro O Consolador, página 15. Psicografia de Francisco Cândido Xavier

MÃE
“Honrarás pai e mãe" – a Lei determina. Não te esquecerás, porém, de que nove meses antes que os outros te vissem a face, a tua presença na Terra era um segredo da vida, entre o devotamento e o Mundo Espiritual. Na juventude ou na madureza, lembrar-te-ás da mulher frágil que, sendo moça, envelheceu, de repente, para que desabrochasses à luz, e trazendo o ideal da felicidade como sendo uma taça transbordante de sonhos, preferiu trocá-los por lágrimas de sofrimento, para que tivesses segurança no berço. Agradecerás a todos os benfeitores do caminho, mas particularmente a ela que transfigurou em força a própria fraqueza, a fim de preservar-te.
Quando o mundo te aclama a cultura ou o poder, o renome ou a fortuna, recorda aquela que não apenas te assegurou o equilíbrio, ensinando-te a caminhar, mas também atravessou longos meses de vigília, esperando que viesses a pronunciar as palavras primeiras, para melhor escravizar-se à execução de teus desejos. Muitos disseram que ela estava em delírio, cega de amor, que nada via senão a ti, entretanto, compreenderás que ela precisava de uma ternura assim sobre-humana, de modo a esquecer-se e suportar-te as necessidades, até que lhe pudesses dispensar, de todo, o carinho.
Se motivos humanos a distanciam, hoje de ti, que isso aconteça tão-só na superfície das circunstâncias, nunca nos domínios da alma, porque, através dos fios ocultos do pensamento, sentir-lhe-ás os braços, sustentando-te as esperanças e abençoando-te as horas.
Nunca ferirás tua mãe. Ainda quando o discernimento te coloque em posição diversa, em matéria  de opinião. Porque ela  se  tenha  habituado  a  interpretação diferente  do mundo, não lhe dilaceres a confiança com apontamentos intempestivos e espera, com paciência, que o tempo lhe descortine novos horizontes, relativamente à verdade.
“Honrarás pai e mãe” – a Lei determina. Não te esquecerás, porém, de que se teu pai é o companheiro generoso que te descerrou o caminho para a romagem terrestre, tua mãe é o gênio tutelar que te acompanha os passos, em toda a vida, a iluminar-te o coração por dentro, com a bondade e a perseverança da luz de uma estrela.”
Emmanuel – Livro O Consolador, página 62. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

TROVAS DE MÃE
Dia das Mães!... Alegrias
Das mais puras, das mais belas!...
Mas é preciso saber
O dia que não O delas.
O nosso berço no mundo,
Sem que ninguém o defina,
E um segredo entre a mulher
E a Providência Divina.
Mãe possui onde apareça
Dois títulos a contento:
Escrava do sacrifício,
Rainha do sofrimento.
Mulher quando se faz mãe,
Seja ela de onde for,
For fora, é sempre mulher,
Par dentro, O um anjo de amor.
Maternidade na vida,
Que o saiba quem não souber,
É uma luz que Deus acende
No coração da mulher.
Coração de mãe parece,
No lar em que se aprimora,
Padecimento que ri,
Felicidade que chora.
Pela escritura que trago,
Na história dos sonhos meus,
Mãe é uma estrela formada
De uma esperança de Deus.
Quantas mães lembram roseira
Quantos filhos rosas são!...
Quanta rosa juntoà festa!
Quanta roseira no chão!...
Delfine Benigna da Cunha – Livro O Consolador, página 16. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
CENMC - 60 ANOS NO TRABALHO COM JESUS
Fundador e 1º Presidente: PEDRO CELESTINO DE CASTRO;
2º Presidente: EUGÊNIO ALÓ;
3º Presidente: SEVERINO CAVALCANTE;
4º Presidente: SARAH SANTORO DA COSTA.
Nesta data tão significativa, nossa irmã Teresinha Cantisani Maranhão, atual Presidente do CENMC, e todos os médiuns e trabalhadores que ao longo destes 60 anos estiveram ou continuam nesta Casa, oferecem sua eterna gratidão a Pedro Celestino de Castro e Nair Montez de Castro pelo legado de amor que nos deixaram.

A Direção.
AGRADECIMENTO MANHÃ COM JESUS
Agradecemos a todos os que participaram do 33º Encontro “Manhã com Jesus”, cujo tema foi “C.E.N.M.C: 60 Anos Servindo a Jesus”. Esperamos contar com os queridos irmãos no nosso próximo encontro!
ANDAMENTO DA CONSTRUÇÃO DO NOVO AMBULATÓRIO DO CENMC
Queridos colaboradores, já estamos na fase de acabamento de nossa obra. Acreditamos que no fim de Maio de 2014 estaremos com as obras concluídas. Para fazer frente as despesas finais com a construção do novo ambulatório, estamos com algumas ações para arrecadarmos o que falta, entre elas uma ação entre amigos que sorteará uma TV LG 32” 3D LED HD modelo 32LA613B com quatro óculos 3D no dia 06/09/2014, às 14 horas.
Quem desejar e puder contribuir com qualquer quantia, basta dirigir-se a nossa tesouraria. Desde já conte com o nosso muito obrigado!
TUDO PASSA
Todas as coisas, na Terra, passam... Os dias de dificuldades, passarão... Passarão também os dias de amargura e solidão... As dores e as lágrimas passarão.
As frustrações que nos fazem chorar... Um dia passarão. A saudade do ser querido que está longe, passará. Dias de tristeza... Dias de felicidade... São lições necessárias que, na Terra, passam, deixando no espírito imortal
as experiências acumuladas.
Se hoje, para nós, é um desses dias repletos de amargura, paremos um instante. Elevemos o pensamento ao Alto, e busquemos a voz suave da Mãe amorosa a nos dizer carinhosamente: isso também passará...
E guardemos a certeza, pelas próprias dificuldades
já superadas, que não há mal que dure para sempre.
O planeta Terra, semelhante a enorme embarcação,
às vezes parece que vai soçobrar diante das turbulências de gigantescas ondas. Mas isso também passará, porque Jesus está no leme dessa Nau, e segue com o olhar sereno de quem guarda a certeza de que a agitação faz parte do roteiro evolutivo da humanidade, e que um dia também passará...
Ele sabe que a Terra chegará a porto seguro, porque essa é a sua destinação. Assim, façamos a nossa parte o melhor que pudermos, sem esmorecimento, e confiemos em Deus, aproveitando cada segundo, cada minuto que, por certo... Também passarão... "
"Tudo passa...
Exceto DEUS!"
Deus é o suficiente!
Psicografia de Chico Xavier - Emmanuel

AJUDE-NOS A AJUDAR, TORNANDO-SE ASSOCIADO DO CENMC

LIVRO DO MÊS



MARIA DE NAZARÉ
Espírito Miramez – João Nunes Maia
”Maria, mãe de Jesus, é um espírito de pureza lirial, vindo de planos altamente iluminados, para receber e ter em sua companhia o Espírito mais evoluído que pisou o solo terreno, portador da mensagem de Deus para os homens - o Evangelho - código divino que deve ser vivido para que a humanidade se liberte dos sofrimentos, libertando-se da ignorância.”

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES ASSISTENCIAIS
AMBULATÓRIO MÉDICO
Quartas-feiras, às 14h.
CAMPANHA DO QUILO
2º domingo do mês, às 9h.
DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS
1º domingo do mês, às 9h.
DISTRIBUIÇÃO DE ENXOVAIS PARA BEBÊS
Inscrição: segundas-feiras, às 15h (a partir do 7º mês)
Distribuição: última segunda-feira do mês, às 15h.
DISTRIBUIÇÃO DE LEITE-CRIANÇAS ATÉ 3 ANOS
Segundas-feiras, às 14h.
DISTRIBUIÇÃO DE ROUPAS E CALÇADOS
Quartas-feiras, às 14h30min.
OFICINA DE INFORMÁTICA
Crianças da Evangelização: sábados, das 9h15min às 10h30min.
Centro de Evangelização Escola Teresa de Jesus: quartas, das 9h às 11h.
OFICINA DE PINTURA, PONTO DE CRUZ E CROCHÊ
Segundas, às 14h.
SALA DE COSTURA / BAZAR
Segundas-feiras, às 14h.
SOPA DAS QUARTAS-FEIRAS
Quartas-feiras, às 14 h.
SOPA DA POPULAÇÃO EM RUA
3º sábado do mês.

CAMPANHAS EM ANDAMENTO

Leite em pó integral, óleo vegetal, sal, espaguete, farinha de mesa e fubá; cobertores de adultos; conjuntinhos de camisinhas de pagão de malha, fraldas de tecido, calças enxutas, chupetas, mamadeiras, tecidos para lençóis e toalhas de banho para recém-nascidos (cores neutras, para ambos os sexos), mamadeiras, sabonetes infantis e alfinetes para fraldas.
Agradecemos pela grande colaboração!
REUNIÕES PÚBLICAS
PROGRAMAÇÃO DE MAIO DE 2014
DOMINGOS, ÀS 9H
DIA
TEMA
4
MARIA, MÃE DE JESUS E NOSSA MÃE
11
NOSSOS FILHOS SÃO DE DEUS
18

A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA NA SAÚDE INTEGRAL DO INDIVÍDUO

25
A MISSÃO DA MULHER NA TERRA
SEGUNDAS-FEIRAS, ÀS 20H
DIA
TEMA
5
MARIA, MÃE DE JESUS E NOSSA MÃE
12
NOSSOS FILHOS SÃO DE DEUS
19

A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA NA SAÚDE INTEGRAL DO INDIVÍDUO

26
A MISSÃO DA MULHER NA TERRA
QUINTAS-FEIRAS, ÀS 14H30MIN
DIA
TEMA
1
MARIA, MÃE DE JESUS E NOSSA MÃE
8
NOSSOS FILHOS SÃO DE DEUS
15

TEMA LIVRE – COM HÉLIO RIBEIRO

22
A MISSÃO DA MULHER NA TERRA
29
A CRIANÇA EXCEPCIONAL
SEXTAS-FEIRAS, ÀS 20H
DIA
TEMA
2
MARIA, MÃE DE JESUS E NOSSA MÃE
9
NOSSOS FILHOS SÃO DE DEUS
16

A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA NA SAÚDE INTEGRAL DO INDIVÍDUO

23
A MISSÃO DA MULHER NA TERRA
30
A CRIANÇA EXCEPCIONAL
SÁBADOS, ÀS 15H
DIA
TEMA
3
MARIA, MÃE DE JESUS E NOSSA MÃE
10
NOSSOS FILHOS SÃO DE DEUS
17

A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA NA SAÚDE INTEGRAL DO INDIVÍDUO

24
A MISSÃO DA MULHER NA TERRA
31
A CRIANÇA EXCEPCIONAL

CENTRO ESPÍRITA NAIR MONTEZ DE CASTRO
Presidente: Teresinha C. Maranhão
Vice-Presidente: Terezinha Vianna
Rua Vilela Tavares 173 - Lins de Vasconcelos
Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20.725-220
CNPJ: 73.956.559/0001-63 - Telefone: 2595-5462
Inscrição Estadual: 346.856.00
Inscrição Municipal: 02432170

COORDENAÇÃO DE ASSUNTOS DOUTRINÁRIOS
ATENDIMENTO FRATERNO
Segundas, das 19h30min às 20h30min.
Quintas, das 14h30min às 15h30min.
Sextas, das 18h às 19h30min.
Sábados, das 15h às 16h.
CENTRO DE EVANGELIZAÇÃO “ESCOLA TERESA DE JESUS”
Segundas, quartas e sextas, das 8h às 11h.
ESDE - Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita (Introdutório)
§  Sextas, das 20h às 21h30min.
§  Sábados, das 16h45min às 18h15min.
ESDE - Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita
O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO”:
§  Domingos, das 8h às 9h30min.
§  Sextas, das 20h às 21h30min.
§  Sábados, das 16h45min às 18h15min.
NOSSO LAR”:
§  Segundas, das 19h40min às 21h10min.
§  Quintas, das 16h30min às 18h
ESTUDO DO EVANGELHO
(Trabalhadores do CENMC)
Segundas-feiras, às 16h.
ESTUDO DO LIVRO DOS MÉDIUNS
Sábados, das 16h45min às 18h15min.
CURSO DE ESPERANTO V
(Quinto módulo)
Quintas-feiras, das 10h às 11h30min.
EVANGELIZAÇÃO
Sábados, das 9h15min às 10h30min e 15h às 16h.
JUVENTUDE I E II
Sábados, das 15h às 16h.
REUNIÃO DE DISCIPLINA MEDIÚNICA
Terças, às 20h; quartas, às 16h15min e às 20h; sábados, às 14h30min.
REUNIÕES PÚBLICAS
Segundas e sextas, às 20h; quintas, às 14h30min; sábados, às 15h; domingos, às 9h.
REUNIÕES DE TRATAMENTO
Terças, às 18h; quintas, às 19h30min; sextas, às 18h (para depressivos).