terça-feira, 31 de janeiro de 2017

A Reencarnação

A medida que a alma encarnada passa continuamente, neste corpo, desde a infância à juventude até a velhice, a alma também passa para outro corpo na morte.
Uma pessoa equilibrada não fica perplexa com essa mudança.
Bhagavad-Gitã 2.13

A Caravana de Fevereiro de 2017

MATRIMÔNIO VERDADEIRO
Nos dias atuais, muitas são as pessoas que se manifestam contra a disposição de se casar. Dizem ser esse passo muito complicado.
Alguns filhos, com mais de três décadas de vida, prosseguem no lar paterno, sem vontade de formarem sua própria família, terem seu lar.
Justificam, dizendo ter medo de serem infelizes. Isso porque observam parentes e amigos que, tendo se casado, com o propósito de felicidade, cedo se divorciaram.
Outros demonstram uma situação de acomodação. Preferem investir na profissão, na carreira, com exclusividade, dizendo que não há lugar, em suas vidas, para compromissos de ordem familiar.
Muitos idealizam sua vida entre trabalho, estabilidade financeira e lazer, com viagens pelo mundo.
Ao refletir sobre isso, lembramos que lemos, recentemente, manifestação de um líder religioso que nos convida a observarmos que o amor que se fundamenta na família é um amor para sempre.
Isso é um fato, pois o amor que se constrói nas lutas do dia a dia se torna sólido.
O papa Francisco nos convida a construir os sentimentos sobre a rocha do amor verdadeiro, do amor que vem de Deus.
Porque o amor construído sobre as areias da ilusão se desfaz, até mesmo com a brisa que sopra.
Convida-nos a aprender a arte de vivermos juntos, porque isso é um desafio que nos faz crescer.
Crescer em solidariedade, em paciência, em resignação, em doação. Crescer como seres humanos em evolução.
E ele conclui: O matrimônio é um trabalho de ourivesaria que se constrói todos os dias ao longo da vida.
O marido ajuda a esposa a amadurecer como mulher, e a esposa ajuda o marido a amadurecer como homem.
Os dois crescem em humanidade, e esta é a principal herança que deixam aos filhos.
É evidente para um bom observador: quando marido e mulher colaboram no crescimento mútuo, a família se une, e todos crescem em harmonia, amor e alegria. É na convivência diária, enfrentando amores e dissabores, que aprendemos a auxiliar e a perdoar.
É na dedicação e doação nos momentos difíceis que nos desapegamos da força do egoísmo e nos tornamos solidários.
É na renúncia de desejos e vontades pessoais, em prol de realizações do par, que valorizamos o sentimento de amor.
É no silêncio mantido em momentos de desabafos exaltados do outro, que cultivamos a paciência.
É na economia da receita financeira que aprendemos a ser precavidos e a eleger prioridades.
É na cortesia e gentileza de palavras mágicas como ObrigadoPor favorDesculpe, que desabam as nuvens dos desentendimentos.
Afinal, não existe uma família perfeita, nem o marido, a esposa ou filhos perfeitos. Todos nos encontramos a caminho da angelitude mas, por enquanto, ainda estagiamos no estado de humanidade.
Por fim, importante lembrarmos de trazer Deus e Jesus para nossos lares, mantendo contato diário pela prece.
Orarmos juntos, rogando pela nossa união, pela nossa família.
Ensinar nossos pequenos, desde o berço, a essa sadia convivência nos garantirá a paz, o amor e a paciência para crescermos em amor e sabedoria.
Redação do Momento Espírita, com transcrição de frases do Papa Francisco. Em 28.1.2017. 
CARNAVAL – FESTA DE ÍNDIO
01 – Como poderíamos situar o Carnaval?
Embora a origem do Carnaval esteja nas antigas festividades do paganismo romano, sempre me pareceu uma festa de índio. Os foliões renunciam, momentaneamente, às conquistas da civilização e retornam à taba. É gente pulando inconsequentemente, emitindo sons que, eventualmente, lembram música. Só falta a fogueira no centro do salão.

02 – Mas não são horas preciosas de espairecimento, em que as tensões acumuladas esvaem-se ante a alegria contagiante dos corações?
Diríamos mais apropriadamente alegria do álcool e das drogas, que correm soltos nos salões de momo. Há um clima de “liberou geral”, como costuma dizer a moçada.

03 – É tão grave assim?
Basta ler o noticiário policial desses dias. Sobem os índices de crimes e acidentes, que não podem ser debitados a resgates cármicos. São meros frutos da imprudência gerada pelo entorpecimento dos sentidos e pela razão desdenhada. E há outro problema: os ambientes carnavalescos estão repletos de espíritos desajustados e viciosos. Frequentemente processos obsessivos têm ali o seu início.

04 – Mas e a questão da sintonia? Se participo de um festejo carnavalesco, sem fazer uso de bebidas ou drogas, conservando o equilíbrio interior, o pensamento elevado, serei afetado?
Poderia, também, para maior garantia, entrar no salão com o evangelho na mão… Considere, entretanto, que com semelhante disposição dificilmente encontraria prazer no carnaval, que pede, fundamentalmente, o clima da taba.

05 – Essa condenação do carnaval não exprime uma atitude preconceituosa, que nega a liberdade de consciência preconizada pela doutrina espírita?
Liberdade não é sinônimo de inconsequência ou indisciplina. A doutrina não interfere em nosso livre-arbítrio, mas lembra, com o apóstolo Paulo, que todas as coisas nos são lícitas, mas nem todas as coisas nos convêm.

06 – Como agir em relação a familiares, filhos, por exemplo, que apreciam o carnaval? Devemos proibir?
O fruto proibido é o mais desejado. Melhor exaltar outros valores, trazendo Jesus para o nosso cotidiano, em conversas e estudos, particularmente com a instituição do culto do evangelho no lar, uma reunião em família, onde estudamos a boa nova à luz do espiritismo, em bate-papo descontraído. A partir desse empenho haverá uma alteração natural no comportamento do grupo familiar, com a tendência de se privilegiar o que é útil, proveitoso, edificante…

07 – Uma mudança de motivação?
Essa é a palavra chave: motivação, a definir os rumos de nossa vida. Aquele que aprecia o carnaval é livre para desenvolver suas próprias iniciativas, no melhor espírito da doutrina. Vibra, aguarda ansiosamente os festejos. Mas, na medida em que se ajuste aos padrões do evangelho, fatalmente pensará diferente.

08 – Buscará um retiro espiritual…
Seria uma opção. Mas há outras mais interessantes: A pintura do centro espírita, o socorro a necessitados, a construção de moradias para desabrigados, o atendimento de enfermos, a instalação de serviços numa favela… Há imensas possibilidades a serem consideradas para um aproveitamento desses dias de folga que o carnaval enseja, em mutirões envolvendo pessoas interessadas em servir. Essas iniciativas lhes permitirão, de uma forma muito mais eficiente, superar tensões, sem os riscos da inconsequência, e desfrutar de alegria autêntica, sem dramas de consciência nem ressacas na quarta-feira.
http://www.richardsimonetti.com.br/pingafogo/exibir/35.
"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."
Chico Xavier & Emmanuel
INÍCIO DOS ESTUDOS
§  Quinta-feira, 09/02/2017 – Início dos estudos do livro OBREIROS DA VIDA ETERNA.
§  Sexta-feira, 10/02/2017 – Início dos estudos do ESE (Evangelho Segundo o Espiritismo) e do INTRODUTÓRIO.
§  Sábado, 11/02/2017 – Início dos estudos do ESE (Evangelho Segundo o Espiritismo), INTRODUTÓRIO, LIVRO DOS MÉDIUNS, JUVENTUDE e da EVANGELIZAÇÃO.
§  Domingo, 12/02/2017 – Início dos estudos do ESE (Evangelho Segundo o Espiritismo).
§  Segunda-feira, 13/02/2017 – Início dos estudos do livro OBREIROS DA VIDA ETERNA.
§  Quinta-feira, 16/02/2017 – Início do estudo de ESPERANTO.

VIDA FELIZ
I
Saúda o teu dia com a oração de reconhecimento. Tu estás vivo. Enquanto a vida se expressa, multiplicam-se as oportunidades de crescer e ser feliz. Cada dia é uma bênção nova que Deus te concede, dando-te prova de amor. Acompanha a sucessão das horas cultivando otimismo e bem estar.
II
Considera o trabalho o melhor meio para progredir. Quem não trabalha, entrega-se à paralisia moral e espiritual. O homem que não se dedica à ação libertadora do trabalho faz-se peso negativo na economia da sociedade. O trabalho é vida.
III
Mergulha a mente, quanto possível, no estudo. O estudo liberta da ignorância e favorece a criatura com o discernimento. O estudo e o trabalho são as asas que facilitam a evolução do ser. O conhecimento é mensagem de vida. Não apenas nos educandários podes estudar. A própria vida é um livro aberto, que ensina a quem deseja aprender.
IV
A paciência é a virtude que te auxiliará na conquista dos bens do corpo, da alma e da sociedade. Ela ensina a técnica de como se deve aguardar, quando não se pode ter imediatamente o que se deseja. Jamais te irrites. A paciência te auxiliará a tudo vencer.
VIDA FELIZ - Pelo Espírito Joanna de Ângelis. Psicografado por Divaldo P. Franco.

AJUDE-NOS A AJUDAR, TORNANDO-SE ASSOCIADO DO CENMC

LIVRO DO MÊS



OBREIROS DA VIDA ETERNA
Francisco Cândido Xavier – Espírito André Luiz
A partir da Em 20 capítulos de profundos exemplos de princípios da Doutrina Espírita, 'Obreiros da vida eterna' mostra como são imensas as dimensões vibratórias do universo e como é essencial o aperfeiçoamento íntimo, o amparo amigo e o verdadeiro serviço para alcançar o equilíbrio pessoal.

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES ASSISTENCIAIS
AMBULATÓRIO MÉDICO
Quartas-feiras, às 14h.
CAMPANHA DO QUILO
2º domingo do mês, às 9h.
DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS
1º domingo do mês, às 9h.
DISTRIBUIÇÃO DE ENXOVAIS PARA BEBÊS
Inscrição: segundas-feiras, às 15h (a partir do 7º mês).
Distribuição: última segunda-feira do mês, às 15h.
DISTRIBUIÇÃO DE LEITE-CRIANÇAS ATÉ 3 ANOS
Segundas-feiras, às 14h.
DISTRIBUIÇÃO DE ROUPAS E CALÇADOS
Quartas-feiras, às 14h30min.
OFICINA DE INFORMÁTICA
Crianças da Evangelização: sábados, das 9h15min às 10h30min.
Centro de Evangelização Escola Teresa de Jesus: quartas, das 9h às 11h.
OFICINA DE PINTURA, PONTO DE CRUZ E CROCHÊ
Segundas, às 14h.
SALA DE COSTURA / BAZAR
Segundas-feiras, às 14h.
SOPA DAS QUARTAS-FEIRAS
Quartas-feiras, às 14 h.
SOPA DA POPULAÇÃO EM RUA
3º sábado do mês.

CAMPANHAS EM ANDAMENTO

Leite em pó integral, óleo vegetal, sal, espaguete, farinha de mesa e fubá; cobertores de adultos; conjuntinhos de camisinhas de pagão de malha, fraldas de tecido, calças enxutas, chupetas, mamadeiras, tecidos para lençóis e toalhas de banho para recém-nascidos (cores neutras, para ambos os sexos), mamadeiras, sabonetes infantis e alfinetes para fraldas.
Agradecemos pela grande colaboração!

REUNIÕES PÚBLICAS
PROGRAMAÇÃO DE FEVEREIRO DE 2017
DOMINGOS, ÀS 9H
DIA
TEMA
5
A PAZ COMEÇA EM NÓS
12
A CARIDADE E O AMOR AO PRÓXIMO
19
A VERDADEIRA PROPRIEDADE
26
CARNAVAL
SEGUNDAS-FEIRAS, ÀS 20H
DIA
TEMA
6
A PAZ COMEÇA EM NÓS
13
A CARIDADE E O AMOR AO PRÓXIMO
20
A VERDADEIRA PROPRIEDADE
27
CARNAVAL
QUINTAS-FEIRAS, ÀS 14H30MIN
DIA
TEMA
2
A PAZ COMEÇA EM NÓS
9
A CARIDADE E O AMOR AO PRÓXIMO
16
A VERDADEIRA PROPRIEDADE
23
O CONHECIMENTO DO FUTURO
SEXTAS-FEIRAS, ÀS 20H
DIA
TEMA
3
A PAZ COMEÇA EM NÓS
10
A CARIDADE E O AMOR AO PRÓXIMO
17
A VERDADEIRA PROPRIEDADE
24
O CONHECIMENTO DO FUTURO
SÁBADOS, ÀS 15H
DIA
TEMA
4
A PAZ COMEÇA EM NÓS
11
A CARIDADE E O AMOR AO PRÓXIMO
18
A VERDADEIRA PROPRIEDADE
25
CARNAVAL

CENTRO ESPÍRITA NAIR MONTEZ DE CASTRO
Presidente: Teresinha C. Maranhão
Vice-Presidente: Terezinha Vianna
Rua Vilela Tavares 173 - Lins de Vasconcelos
Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20.725-220
CNPJ: 73.956.559/0001-63 - Telefone: 2595-5462
Inscrição Estadual: 346.856.00
Inscrição Municipal: 02432170


COORDENAÇÃO DE ASSUNTOS DOUTRINÁRIOS
ATENDIMENTO FRATERNO
§ Segundas, das 19h45min às 20h20min.
§ Terças, das 16h45min às 17h20min.
§ Quintas, das 14h40min às 15h20min e 19h.
§ Sextas, das 17h às 18h30min.
§ Domingo, das 8h30min às 9h.
CENTRO DE EVANGELIZAÇÃO “ESCOLA TERESA DE JESUS”
§ Segundas, quartas e sextas, das 8h às 11h.
ESDE - Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita INTRODUTÓRIO:
§ Sextas, das 20h às 21h30min.
§ Sábados, das 16h45min às 18h15min.
ESDE - O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO:
§ Domingos, das 8h às 9h30min.
§ Sextas, das 20h às 21h30min.
§ Sábados, das 16h45min às 18h15min.
ESDE -OLIVRO DOS MÉDIUNS
Sábados, das 16h45min às 18h15min.
ESTUDO DO EVANGELHO
(Trabalhadores do CENMC)
§ Segundas-feiras, às 16h.
ESTUDO DO LIVRO MISSIONÁRIOS DA LUZ
§ Segundas, das 19h40min às 21h10min.
§ Quintas, das 16h30min às 18h.
CURSO DE ESPERANTO
§ Quintas-feiras, das 10h às 11h30min.
EVANGELIZAÇÃO
§ Sábados, das 9h15min às 10h30min e 15h às 16h.
JUVENTUDE I E II
§ Sábados, das 15h às 16h.
REUNIÃO DE DISCIPLINA MEDIÚNICA
Segundas, às 18h45min; terças, às 18h; quartas, às 16h15min e às 20h; sábados, às 14h30min.
REUNIÕES PÚBLICAS
Segundas e sextas, às 20h; quintas, às 14h30min; sábados, às 15h; domingos, às 9h.
REUNIÕES DE TRATAMENTO
Terças, às 18h; quintas, às 19h30min; sextas, às 18h (para depressivos).